Hospital de la Caridad

Fundado na metade do século XV com a finalidade de enterrar os afogados no rio e os condenamos à morte, o Hospital de la Caridad de Sevilha é um dos lugares mais queridos pelos habitantes da capital.

Os inícios da Santa Caridade

A Irmandade e Confraria da Santa Caridade foi fundada na metade do século XV com a finalidade de acompanhar os condenados à morte nos seus últimos momentos, além de enterrar os afogados no rio e os falecidos por epidemias.

As funções da Santa Caridade sofreram uma importante mudança de rumo com a chegada de Miguel Mañara, que se encarregaria da criação de um hospício para dar hospedagem e comida aos desfavorecidos. Tempos depois, também se encarregou da construção de uma zona dedicada aos doentes terminais, repudiados noutros lugares.

Um passeio pelo Hospital

Depois de entrar no hospital através da antiga portaria, encontramos um pátio principal com fontes, rodeado de colunas e maravilhosamente decorado com azulejos. Na Sala Capitular, ainda podem ser vistos alguns objetos pessoais de Mañara, além de alguns quadros.

A parte mais interessante do hospital é a sua igreja, uma obra prima do barroco sevilhano com uma só nave que se encontra coberta por uma abóbeda de canhão. Do exterior, podemos ver uma elegante decoração com azulejos e, enquanto descobrimos o seu interior, encontramos uma temática baseada na caridade e misericórdia.

Interessante, mas não imprescindível

O Hospital de la Caridad é um lugar com uma grande importância na história de Sevilha e os seus habitantes têm um carinho especial por ele. Apesar disso, a cidade está repleta de lugares de interesse, pelo que, dependendo do tempo que estiver na cidade, poder ser ou não uma opção a levar em conta.

Atualmente, o hospital continua a acolher os idosos sem recursos, destinando os benefícios obtidos com as visitas turísticas à manutenção das instalações.

Horário

De segunda a sábado: das 9:00 às 13:30 e das 15:30 às 19:30 horas.
Domingos e feriados: das 9:00 às 12:30 e das 15:30 às 19:30 horas.

Preço

Adultos: 8€.
Menores de 18 anos: 2,50€.
Aposentados: 5€.
Menores de 7 años: entrada gratuita.

Transporte

Metro: linha 1.
Ônibus: linhas 3, 1401 e 21.