Palácio da Condessa de Lebrija

Escondido por detrás de uma simples fachada de estilo sevilhano, o Palácio da Condessa de Lebrija é uma majestosa construção repleta de obras de arte que constitui uma das joias ocultas mais chamativas da cidade.

A história do palácio começa com Regla Manjón, condessa de Lebrija, uma mulher à frente da sua época, cujo amor pela arte a levou a conseguir um impressionante património ao longo da sua vida.

A condessa se dedicou à proteção de todas as obras artísticas que estavam sob o seu controle. Durante o seu trabalho de proteção, à medida que se foram encontrando mosaicos em Itálica, ela foi adquirindo as terras em que estes se encontravam para tratá-los com o maior cuidado possível.

Percorrendo o palácio

O piso térreo da casa extende-se à volta de um pátio e conta com elementos de valor incalculável, entre os quais se encontram ânforas, esculturas, pinturas, elegantes móveis, chamativos mosaicos, belas peças romanas, azulejos resgatados de conventos e palácios em ruínas, coleções de leques e peças de porcelana, valiosas obras pictóricas e inumeros elementos quotidianos pertencentes à sua época.

Algumas das salas do segundo andar surpreendem pelo fato de se conservarem de forma praticamente intactas, como se o tempo não tivesse passado. Nessa zona, podemos ver a capela, a biblioteca, um quarto e uma sala de refeições, onde ainda se pode ver a mesa posta como se a qualquer momento fosse aparecer a família para sentar-se a comer.

O andar superior do palácio apenas se pode visitar se você se juntar ao tour guiado que é feito a cada hora.

Horário

De setembro a junho:
De segunda a sexta das 10:30 às 19:30 horas.
Sábados: das 10:00 às 14:00 e das 16:00 às 18:00 horas.
Domingos: das 10:00 às 14:00 horas.
Julho e agosto:
De segunda a sexta das 10:00 às 15:00 horas.
Sábados: das 10:00 às 14:00 horas.
Domingos: fechado

Preço

Térreo: 6€.
Entrada completa: 10€.

Transporte

Ônibus: linhas 10, 11, 12, 13, 14, 15, 20, 21, 23, 24, 25, 26, 27, 30, 31, 33, 34, 35, 40, 41 e 42.