Ponte de Triana

Declarado Monumento Histórico Nacional em 1976, a Ponte de Isabel II, mais conhecida por Ponte de Triana, estende-se sobre o rio Guadalquivir para unir o coração da cidade com o encantador bairro de Triana.

A ponte foi inaugurada em 1852 e, atualmente, é a ponte de ferro mais antiga de Espanha, para além de ser um dos símbolos da cidade e uma das suas atrações mais destacadas.

Olhando para trás

Antes da construção da ponte atual, para cruzar ao bairro de Triana, foi instalada a Ponte de Barcas, um peculiar e rudimentar sistema que, como o seu próprio nome indica, era feito de embarcações unidas por correntes de ferro, sobre as quais se colocaram passarelas de madeira.

A Ponte de Barcas era uma passagem pouco estável, já era bastante afetada pelas altas do rio, e por isso se propôs a construção de uma ponte permanente e resistente que se converteria num dos grandes feitos da arquitetura em ferro de Espanha.

Imprescindível

A ponte de Triana é um dos principais pontos de interesse da capital hispalense e compõe um agradável ambiente para passear enquanto se desfruta das vistas das duas ribeiras do Guadalquivir, tanto a plena luz do dia como à noite.